Reflexões sobre um Fim

Quem nunca foi surpreendido com uma notícia sobre o fim do mundo? Talvez seja o que mais se fala ultimamente. Ou porque a NASA previu, ou por causa do alinhamento da Terra com o Sol, ou por causa de um meteoro ou asteroide. O fim do mundo é algo que nos assombra.

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Pra que tanta preocupação com trabalho, faculdade, formação, carreira, o modo que as pessoas te vêem, quanto dinheiro você tem, qual carro você comprou, o tamanho da sua casa, o andar do seu apartamento? Qual o motivo de tudo isso? Se o suposto fim acontecer, todos, sem exceção, serão reduzidos a pó, a fragmentos do que um dia foi uma civilização, um povo, um planeta.

As vezes me pego pensando nisso, querendo saber quando e como vai acontecer. Já cheguei a pensar em extraterrestres, em meteoros, no sol, até nos russos ou norte coreanos. Já cogitei que este mundo em que vivemos é apenas um holograma, algo que é projetado dentro de nossas cabeças e nos faz acreditar que tudo é real, quando somos apenas parte de um experimento científico, de uma Matrix, ou somos parte dos casulos da série ‘Under The Dome’.

Muitos desses questionamentos, provavelmente, nunca serão respondidos, pois se este mundo não é real, por que motivo guerreamos, brigamos, discutimos, ferimos um ao outro, desrespeitamos ao próximo? Tudo isso, nada mais é do que um teste, de alguém maior que nós. Ou você acha que os seres humanos, criaturas minúsculas e frágeis, são o centro do universo?

Sinceramente, somos apenas um grão de areia em toda a imensidão, somos nada perto do tudo, ou isso tudo pode ser apenas fruto de alguém com uma imaginação muito fértil.

Estou apenas pensando alto…

Anúncios